Sindicato da Energia chega a acordo com a EEM para aumento salarial dos trabalhadores

EEMO SINERGIA-SINDICATO DA ENERGIA deu conta, em comunicado, que chegou a acordou com a Empresa de Eletricidade da Madeira (EEM) para “o aumento salarial para 2019, entre outras medidas importantes para os trabalhadores, a implementar nos próximos meses”.

Na informação enviada à comunicação social, aquele sindicato considera que ” depois de uma rutura negocial face à ausência de respostas concretas relativamente às suas propostas, mostrou-se disponível para retomar o diálogo e as reuniões em junho, tanto com o Conselho de Administração da EEM, como com a Vice-Presidência do Governo Regional, em que foram reabertas as portas à negociação, depois do ato de gestão da EEM no ano passado.

“Porque privilegiamos o diálogo foi possível voltar a reunir no passado dia 14 de agosto, e a rubricar um entendimento que oficializa o plano de recuperação 2018-2022 de 2% ao ano, acrescido de um aumento de 1,2% em 2019 conforme na sua congénere EDP, em todas as matérias de expressão pecuniária e com efeitos a 1 de janeiro”, esclarece o sindicato.

A estrutura sindical refere, ainda, “o acordo para corrigir as demais injustiças criadas pelo Plano de Ajustamento Financeiro imposto também à entre EEM entre 2011 e 2017, com o compromisso de implementar um programa de Reenquadramentos Profissionais, e um estudo com vista à implementação de um Seguro de Saúde para todos os trabalhadores, como defendemos e temos vindo a propor há lguns anos”.