Raquel Coelho disse no sábado que há muito desemprego na RAM e contrariou afirmações de Calado



O PTP desafiou este fim-de-semana, o vice-presidente do Governo Regional a “informar a população quais as empresas que não conseguem mão de obra na Madeira”, quando segundo a deputada “existem milhares de pessoas desesperadas à procura de trabalho na ilha”.

“O membro do governo, Pedro Calado, por várias vezes tem referido perante os órgãos de comunicação social que a Madeira está com um problema positivo, pois neste momento tem falta de mão de obra para fazer face à procura das empresas, quando estamos todos fartos de saber que há milhares de pessoas a emigrar porque não existe qualquer perspectiva de emprego na Região”, acusou a deputada trabalhista Raquel Coelho, numa declaração política junto à vice-presidência do GR.

Raquel Coelho salientou que “estamos perante mais propaganda enganosa do executivo regional, pois neste momento temos a taxa de desemprego mais alta do país, cerca de 8,3 %” e aconselhou o Governo a recorrer ao diferencial fiscal de 30% previsto no Estatuto Político e Administrativo para reduzir a carga fiscal e impulsionar a criação de emprego já para Orçamento do próximo ano.