Melhores do século distinguidos na gala da Associação de Futebol da Madeira

Foto Roberto Silva/AFM.

O Centro de Congressos da Madeira acolheu ontem à noite a Gala do Centenário da Associação de Futebol da Madeira (AFM).

A AFM aproveitou para homenagear os seus fundadores, entre pessoas singulares e clubes.

Homenagearam-se também os melhores de sempre, entre árbitros, jogadores e treinadores madeirenses.

Usaram da palavra, na gala, o presidente da AFM, Rui Marote; Rui Garcia que apresentou as conclusões do Fórum realizado em Abril de 2017: “Um retrato do Futebol Português em tempos de vitória”; Hermínio Loureiro, em representação do Presidente da Direção da Federação Portuguesa de Futebol; Paulo Cafôfo; Tranquada Gomes; Jorge Carvalho e Ireneu Cabral Barreto.

Foram distinguidos os fundadores da AFM: José Anastácio Rodrigues Nascimento, Amâncio Franco Olim Marote, António da Costa, Luís Sousa e Gonçalo Zacarias de Ornelas. Os seus descendentes receberam as distinções.

Os Clubes fundadores também foram distinguidos: O Club Sports Madeira; o CS Marítimo; o CD Nacional; e o CF União.

Depois foram homenageados os melhores do século:
Guarda-redes: Henrique Camacho “Ruço”.
Lateral direito do século: Belarminino Rodrigues.
Defesa central: Carlos Jorge e José Manuel Lomelino.
Melhor lateral esquerdo: Fernando Gonçalves “Inguilha”.
Melhor médio-centro: António Aires de Faria, mais conhecido como Faria.
Médio ofensivo: Ângelo Gomes.
Melhor médio esquerdo: Cristiano Ronaldo.
Médio direito: Tininho.
Melhor avançado: Raul Tremura.

Melhor ponta-de-lança do século: António Tremura, conhecido como “Chico”.

Treinador do século: Leonardo Jardim.

Árbitro do século: Albino Rodrigues, primeiro árbitro madeirense a participar numa prova nacional.