Delegação Madeira da Fundação “A Comunidade Contra a Sida” lamenta morte do médico Ricardo Camacho

A Delegação Regional da Madeira da Fundação Portuguesa “A Comunidade Contra a SIDA” (FPCCSIDA) emitiu ontem um voto de pesar, na sequência do falecimento do Dr. Ricardo Camacho. A Fundação apresenta “sentidas condolências aos familiares e amigos do médico que se dedicava à investigação na área da infecção VIH/SIDA, no Rega Institute for Medical Research, em Leuven, na Bélgica”, refere uma nota aos órgãos de comunicação social, sobre o médico e também membro do grupo musical “Sétima Legião”.

Nascido na Madeira em 1954, o Dr. Ricardo Camacho estudou Medicina na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e trabalhou em vários hospitais, nomeadamente, no Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPO) e no Hospital Egas Moniz, onde se dedicou à investigação na área da SIDA, recorda a Fundação na nota de imprensa.

Foi consultor da Comissão Nacional de Luta contra a SIDA, tendo participado ainda em vários estudos internacionais sobre esta doença, na qual se especializou. “Um Homem que sempre lutou e incentivou para a importância da prevenção na luta contra a SIDA”, enfatizam.