Semana do Ambiente abre em Câmara de Lobos e aborda os recursos marinhos

O Município de Câmara de Lobos realizou hoje, no Museu de Imprensa-Madeira, uma conferência subordinada ao tema “Um Mar de Recursos”. A iniciativa abriu o programa de comemorações da Semana do Ambiente local, que decorrerá até 10 de Junho e que contará com diversas iniciativas de sensibilização ambiental.

A conferência “Um Mar de Recursos” contou com a participação de diversos oradores regionais e nacionais, destacando-se a docente da Universidade Nova de Lisboa e coordenadora do projecto Marlisco, Paula Sobral. Esta oradora realçou o impacto dos resíduos de plástico no ambiente marinho, referindo que “apenas 1% do lixo marinho flutua, sendo que o restante está no fundo do mar influenciando a biodiversidade e os ecossistemas. Só no ano 2010 foram cerca de 8 milhões de toneladas de lixo que foram indevidamente lançadas ao mar em todo o mundo, sendo que apenas 20% provém da pesca.” Neste momento o projecto europeu Marlisco tem vindo a desenvolver diversas acções de recolha de lixo no mar e de sensibilização dos pescadores para a entrega dos resíduos nos gestores certificados, salientou Paula Sobral.

Sob o tema «Clean Atlantic – Enfrentar o Lixo Marinho no Espaço Atlântico», João Monteiro, do MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente, falou sobre o projecto «Clean Atlantic», desenvolvido na Região em parceria com a DROTA, a ARDITI e a Observatório Oceanográfico da Madeira, e que visa a identificação, de forma automática e com recurso a imagens aéreas provenientes de drones, de resíduos no oceano Atlântico.

Por seu turno, José Manuel Silva e Ilídio Sousa abordaram a temática dos geosítios, nomeadamente a Reserva Natural Marinha do Cabo Girão, tendo comentado a sua importância para preservação das espécies e da biodiversidade, bem como para a valorização económica do território.

Neste primeiro dia da Semana do Ambiente, abriu ainda ao público a exposição «Vaivém Oceanário», que ficará patente na Praça da Autonomia até ao dia 10 de Junho. Entre 4 e 8 de Junho, as visitas ao “Vaivém Oceanário” serão dirigidas apenas às crianças das escolas de Câmara de Lobos. Nos dias 9 e 10 de Junho, o vaivém poderá ser visitado gratuitamente por todos os interessados da Madeira, mediante pré-inscrição na página oficial da Câmara Municipal.

Ao longo desta semana decorrerão outras actividades de educação e sensibilização ambiental, nomeadamente caminhadas e workshops dirigidas à comunidade escolar. Assim, no dia 6 de Junho os alunos das escolas do terceiro ciclo das escolas do concelho participarão numa caminhada na Levada do Norte, que visa a sensibilização para a prevenção da poluição dos recursos hídricos, e dos percursos pedestres associados, e respectivas consequências no mar e na orla costeira. No dia 8 será promovida uma viagem marítima estudo à Área Protegida Cabo Girão, onde participarão alunos e pescadores de Câmara de Lobos, refere um comunicado de imprensa.

Segundo a vice-presidente da Câmara, Sónia Pereira, a escolha do tema do mar e dos recursos marinhos para Semana do Ambiente visa suscitar o debate “sobre as problemáticas ambientais relacionadas com os oceanos, e a sua relevância para o desenvolvimento sustentável”.

Por outro lado, é necessário “sensibilizar a população para uma correcta gestão e utilização dos recursos marinhos”, destacou Sónia Pereira.