Fundo de Coesão Nacional também ajuda na reabilitação do bairro da Palmeira

A degradação do Bairro da Palmeira é visívela a olho nu.

Uma portaria conjunta da Vice-presidência do Governo Regional e da Secretaria da Inclusão e Assuntos Sociais, hoje publicada, fixa os encargos orçamentais relativos ao contrato-programa a celebrar com a IHM-Investimentos Habitacionais da Madeira, EPERAM, tendo em vista a comparticipação dos encargos financeiros decorrentes do Projeto Integrado de Reabilitação do Bairro da Palmeira, em Câmara de Lobos.

A reabilitação é feita através do Fundo de Coesão Nacional, no valor global de €1.538.474,65 (um milhão, quinhentos e trinta e oito mil, quatrocentos e setenta e quatro euros e sessenta e cinco cêntimos).
Os encargos orçamentais encontram-se escalonados da forma seguinte:
Ano económico de 2018: €372.580,00; Ano económico de 2019: €1.165.894,65.
A portaria entra amanhã em vigor e as verbas necessárias para o ano económico de 2018 estão inscritas no orçamento da Secretaria Regional da Inclusão e Assuntos Sociais.