Novas “cavalariças” quase prontas para entrar em actividade na marina do Funchal

*Com Rui Marote

Estão praticamente concluídas as novas instalações para as unidades de apoio aos barcos das actividades marítimo-turísticas, atracados na nova marina. Algo que, por melhor que tenha sido a boa-vontade de quem as desenhou, a nós, no FN, nos lembra de facto umas cavalariças. De resto, foi esse apodo que lhes colocaram os seus futuros inquilinos, logo da primeira vez que as viram…

O Estepilha sabe que estes pseudo-escritórios não terão qualquer nome ou placa anexada aos mesmos. Até achamos bem, para regular a anarquia que se vivia na marina do Funchal, com toda a sorte de barracas e de barracos. Mas a verdade é que esta solução também não prima pela beleza.
Os proprietários terão junto a esta sorte de albergue (que nem sabemos se resistirá às intempéries) um cavalete  com o nome ou publicidade, que ao final do dia recolhem.
São dez novos mini-escritórios de apoio, para as actuais empresas e aquelas que virão. A foto é elucidativa e não necessita de grandes legendas. O Estepilha não acharia despropositado se, em vez do nome de cada uma das empresas que levam turistas para o mar, em frente às portas se vissem placas onde se pudesse ler: “Brilhante”, “Bonito”, etc.
Poderiam ser os nomes dos animais equestres que tomariam parte nas corridas…  Não faltariam apostadores, numa concorrência ao jogo do bicho…