Madeira investiu 39 mil euros na 2.ª edição da réplica da Festa da Flor na África do Sul

O Conselho do Governo reunido em plenário em 7 de dezembro de 2017 resolveu autorizar a celebração de um contrato-programa com Maria Laura Andrade Rodrigues, tendo em vista o apoio financeiro à realização de todos os trabalhos inerentes à conceção e decoração de 5 carros alegóricos, um por distrito do Free State, como ainda de outros pormenores decorativos e de apresentação dos figurantes do 2.º Free State Bloom Festival, que decorreu na cidade de Parys, nos dias 24 e 25 de novembro de 2017, no montante que não excederá €39.610,00.
“Maria Laura de Andrade Rodrigues, como entidade individual, tem uma larga experiência em participações na Festa da Flor, e mostrou-se disponível para promover, na cidade de Parys, os necessários trabalhos”, revela a resolução hoje publicada.
Recorde-se que, a 8 de dezembro de 2015, foi assinada uma Carta de Intenções entre a Província do Free State da República da África do Sul e a Região Autónoma da Madeira (RAM), com vista a estabelecer uma mútua cooperação na qual foi consagrada a importância em promover as áreas da cultura, economia, educação, informação, comunicação, tecnologia e turismo.

Em 2016, o Governo Regional, com base na sua larga experiência na realização de um evento anual de celebração das flores, a reconhecida internacionalmente Festa da Flor, apoiou o Free State no lançamento de um evento similar, designadamente da sua componente do cortejo alegórico, o qual decorreu na cidade de Parys nos dias 11 e 12 de novembro.

Diz o Governo Regional que esse 1.º Free State Bloom Festival “obteve um êxito extraordinário, o qual em grande parte se ficou a dever à colaboração então prestada pelo Governo Regional, envolvendo cinco centenas de participantes no cortejo alegórico realizado, e registando a presença de dezenas de milhares de espetadores daquela e de outras províncias da África do Sul”.
Considera ainda o Executivo que aquele evento, além dos objetivos económicos visados pelo Free State, seja em matéria de turismo, seja em matéria do seu importante setor da floricultura, resultou num surpreendente pólo integrador de várias comunidades residentes na África do Sul, designadamente da constituída por madeirenses e seus descendentes que se estima naquele país atingirem cerca de 500 mil membros.
Em sinal de retributo, uma representação do Free State, integrou o cortejo alegórico da Festa da Flor de 2017.
“Como entretanto acordado entre os governos da Província do Free State da República da África
do Sul e a Região Autónoma da Madeira (RAM), estas permutas se manterão, sendo que foi novamente solicitada a colaboração do Governo Regional para apoiar a realização do 2.º Free State Bloom Festival, o qual teve lugar na cidade de Parys, nos dias 24 e 25 de novembro”, acrescenta a resolução.
Refira-se que Miguel Albuquerque foi recentemente à África do Sul por causa deste evento.