Desemprego tem que baixar e há mais 3 milhões para políticas de emprego

Rubina desemprego B
O Governo Regional tem, no Orçamento para 2018, mais 3 milhões de euros, relativamente a 2017, para políticas emprego, lembra Rubina Leal.

Numa ação política, a deputada Rubina Leal veio afirmar que “a coesão social é uma aposta deste Governo Regional”, sublinhando que “o Orçamento para 2018 vai continuar a apostar nas medidas de emprego”. Garante que existe a consciência de que “o desemprego tem que baixar”, mas mostra números que procuram expressar o trabalho que o Executivo vem fazendo nesse domínio: a Região tem a taxa mais baixa dos últimos seis anos.

Numa conferência de imprensa junto ao Instituto de Emprego, Rubina Leal afirma que há “um reforço das verbas do Orçamento para 2018 ao nível das políticas de emprego, apresentando mais três milhões de euros, relativamente a 2017. “Isto porque aposta na coesão social, na formação dos desempregados, porque quer combater o emprego precário, porque quer qualificar os desempregados que não têm qualificações e porque quer, sobretudo, dar competências a todos aqueles que, neste momento, estão numa situação de longa duração de desemprego”, disse a deputada, acrescentando que “é por isso que este Governo vai apostar as políticas de emprego”, sobretudo naquelas “que criam postos de trabalho”.

Rubina Leal lembrou que é através da dinamização da economia que se criam mais postos de trabalho, mas é também através das políticas de emprego que é possível apoiar os desempregados, em particular aqueles que estão numa situação de maior fragilidade.