Indiferente aos críticos, Emanuel Câmara apresenta a 30 de outubro candidatura à liderança do PS/M

É desta forma que Emanuel Câmara convida o público a testemunhar o lançamento formal da sua corrida à liderança do PS/M.

Indiferente às polémicas e às vozes críticas correntes do tipo “vem aí um assalto ao partido”,  Emanuel Câmara apresenta formalmente a sua candidatura à liderança do PS/Madeira no dia 30 do corrente mês, na sede do partido, com o slogan “Um  Futuro pelas Pessoas”.

Até no slogan desta candidatura vem à memória de todos outro bem semelhante, nem mais nem menos do que o lema do autarca homólogo do Funchal, Paulo Cafôfo, que espalhou pela cidade na pré e campanha eleitorais os cartazes e o discurso político “Pelas Pessoas”.

O atual presidente da Câmara Municipal de Porto Moniz, embalado com a vitória esmagadora a Norte da ilha para a autarquia, quer voar mais alto e fez já o arranque, contando com adeptos mas também com vozes críticas dentro do próprio partido.

Aparentemente indiferente ao que possam pensar, Emanuel Câmara já divulgou na sua página do Facebook a apresentação oficial da sua corrida à liderança do PS, lugar hoje ocupado por Carlos Pereira. Para o autarca do norte da ilha, o seu propósito é “unir o Partido em torno de um projeto em que todos acreditem e para o qual todos contem, trabalhando nos 11 concelhos e 54 freguesias da Região, para que em nenhum local falte uma voz socialista e para apresentar em 2019 um projecto ganhador que seja o que todos os madeirenses quiserem nesse momento e aquele pelo qual esperam há tempo demais”.

Visivelmente conotado com a estratégia do autarca da Câmara do Funchal, Paulo Cafôfo, que tem na mira a disputa do Governo Regional em 2019, este avanço de Emanuel Câmara está também a marcar a agenda interna do PS, causando de certa forma uma certa chicotada psicológica que também é um “filme” habitual neste partido.