Câmara de Santa Cruz inicia construção do Mercado da Camacha

O Juntos pelo Povo promoveu hoje uma iniciativa na Camacha com o objetivo de fazer o anúncio público de mais um investimento naquela freguesia.

Em causa está a construção do Mercado da Camacha. Uma infraestrutura, cujo projeto foi elaborado pela Câmara Municipal de Santa Cruz, que irá para o terreno dentro de 45 dias.

A obra custará à volta de 150 mil euros e tem como grande objetivo valorizar o trabalho dos agricultores e dar início a uma obra mais vasta de requalificação do Largo da Achada, e que será simultaneamente o motor de uma nova dinâmica no centro da freguesia.
Filipe Sousa explicou que o mercado contempla 13 lojas e será devidamente enquadrado na paisagem e na área envolvente do Largo da Achada, sem qualquer derrube de árvores.

O autarca e líder do JPP diz que esta é também uma forma do Município estar atento e acompanhar o esforço da iniciativa privada, focando o exemplo do importante investimento de requalificação do Café Relógio, ex-libris da Camacha.
“Esta ideia surgiu desde o início do mandato, mas só agora é que se conseguiu margem financeira para investir, porque fizemos primeiro o trabalho responsável de consolidar as contas municipais e arranjámos margem orçamental para desenvolver um conjunto de obras, que chegam aos dois milhões de euros em todo o concelho de Santa Cruz”, vincou.

Filipe Sousa destacou, ainda, que na Camacha vão surgir outros investimentos, que constarão já do Programa Eleitoral do JPP, como é a restante requalificação do Largo da Achada, a recuperação do Polidesportivo, com a construção de parque estacionamento e zonas balneares de apoio, e ainda a requalificação do Parque Infantil.
“Todo o investimento que estamos a fazer hoje será para pagar, com responsabilidade, a tempo e horas. Portanto, os empreiteiros e empresários que fiquem descansados, porque não vamos empurrar com a barriga como no passado, e estas obras serão pagas a 60 dias”, concluiu.