Madeira faz valer as suas posições amanhã na Conferência das Regiões Ultraperiféricas, em Bruxelas

Miguel Albuquerque, Vasco Cordeiro, Fernando Clavijo, Ary Charles, Alfred Marie Jeanne, Didier Robert

*Com Rui Marote

As posições reivindicativas da Madeira, e de outras regiões ultraperiféricas, estarão em destaque nos próximos dias em Bruxelas, na Conferência das Regiões Ultraperiféricas – “Terras Europeias no Mundo’, fórum que decorre nos dias 30 e 31 na capital belga.

A sessão de abertura decorre a partir das 9 horas do dia 30, quinta-feira, e será aberta por Corina Cretu, comissária para a Política Regional da UE, seguida de uma intervenção de Rodolphe Alexandre, presidente do território da Guiana Francesa, e presidente executivo da Conferência de Presidentes das Regiões Ultraperiféricas. António Tajani, presidente do Parlamento Europeu, intervirá de seguida através de uma mensagem vídeo.

Corina Cretu, comissária para a política regional europeia; e Rudolphe Alexandre, presidente da Guiana Francesa e da Conferência das Regiões Ultraperiféricas

Estão previstas, posteriormente, intervenções de Ericka Bareigts, ministra francesa do Ultramar, de Jorge Toledo Albiñana, secretário de Estado de Assuntos Europeus da Espanha, e da sua homóloga portuguesa, Margarida Marques.

foto LR

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, será o quarto presidente de uma região ultraperiférica a apresentar uma comunicação no painel que se segue, depois de um intervalo para café. O primeiro a falar será Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional dos Açores; o presidente do Governo das Canárias, Fernando Clavijo, falará de seguida, e o presidente do Conselho Regional de Guadalupe, Ary Chalus, será o terceiro orador. Depois, será a vez de Albuquerque expor as suas preocupações e reivindicações no que concerne à Região Autónoma da Madeira.

 

Depois dele, falam ainda Alfred Marie-Jeanne, presidente do território da Martinica, Solbahadine Ibrahim Ramadani, presidente do Conselho Departamental de Mayotte, e Didier Robert, presidente do Conselho Regional da Reunião.

O programa desta conferência das RUP inclui ainda alocuções de Ian Borg, secretário parlamentar para a Presidência Maltesa 2017 e Fundos Europeus, Georgios Dessis, presidente do Comité Económico e Social Europeu, e Raffaele Cattaneo, presidente da Comissão para a Política de Coesão Territorial e Orçamental Europeia, do Comité das Regiões. A terminar a sessão da manhã, uma intervenção de Marc Lemaître, director geral do Directorado Geral Regional e da Política Urbana.

Ericka Bareigts, ministra francesa do Ultramar; Alfonso Dastis Quecedo, ministro dos Negócios Estrangeiros da Espanha; Margarida Marques, secretária de Estado portuguesa dos Assuntos Europeus

Depois de fotografias oficiais com os presidentes das RUP e de uma conferência de imprensa, segue-se, na parte da tarde, um painel intitulado “Desenvolvendo a competitividade e os empregos nas regiões ultraperiféricas: novas oportunidades da economia azul e verde e do sector da energia”, com lugar a intervenções e perguntas e respostas aos oradores. Um segundo painel intitula-se “Construindo um futuro sustentável: formas de avançar para uma mais forte integração das regiões ultraperiféricas nos seus mercados regionais e internacionais”. O dia terminará com um jantar e cocktail.

Marc Lemaître, director geral da Política Regional e Urbana

No dia seguinte de manhã, e sob a moderação, tal como na quinta-feira, de Eleni Marianou, secretária geral da Conferência das Regiões Periféricas Marítimas, haverá lugar a dois painéis simultâneos, um deles intitulado “Criando pontes: melhorando as acessibilidades físicas e digitais” (painel no qual, fomos informados, deverá participar o secretário regional da Economia, Turismo e Cultura, Eduardo Jesus); e outro subordinado à temática “O apoio dos fundos e programas europeus: balanço e perspectivas futuras”. Isto após uma sessão de abertura na qual será orador o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia

Após a apresentação das conclusões dos debates realizados no âmbito dos supracitados painéis, haverá discursos finais de Rudolphe Alexandre, o já referido presidente executivo da Conferência de Presidentes das Regiões Ultraperiféricas, pertencendo o discurso final a Karmenu Vella, comissário europeu para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas.