Alinghi dá uma reviravolta e vence o Act 6 na Madeira

The Extreme Sailing Series 2016. Act 6. Madeira. Portugal. 25th September 2016. Credit - Lloyd Images
The Extreme Sailing Series 2016. Act 6. Madeira. Portugal. Credit – Lloyd Images

A equipa do Alinghi regressa de um contratempo numa das regatas do dia de ontem, vencendo, de uma forma extraordinária, este último dia do Act 6 na Madeira.

 A colisão do catamarã GC32 suíço com o da equipa da Red Bull Sailing Team no terceiro dia de competição resultou numa queda do mastro da primeira, obrigando a tripulação de veteranos a desistir do resto das regatas do dia e ameaçando a presença no último dia de competição.

Graças à vasta experiência da equipa de terra da Alinghi, que conta com o português João Cabeçadas, a equipa suíça retomou à prova para o último dia de competição em grande forma. O trabalho foi recompensado quando a equipa ganhou as duas regatas do dia, embora com ventos fracos, garantindo a vitória geral do Act 6 das Extreme Sailing Series na Madeira.

A equipa da Red Bull Sailing Series conseguiu um segundo lugar pela terceira vez em 6 competições, nesta que é a estreia da Madeira nas Extreme Sailing Series, seguida pela equipa do Oman Air, atuais líderes da geral, em terceiro lugar.

The Extreme Sailing Series 2016. Act 6. Madeira. Portugal. 25th September 2016. Credit - Lloyd Images
The Extreme Sailing Series 2016. Act 6. Madeira. Portugal. Credit – Lloyd Images

Nos resultados do dia de hoje, conseguimos ver que apenas três pontos separam agora a equipa do Oman e do Alinghi na classificação geral, faltando apenas dois atos para o final da temporada de 2016 – Lisboa dentro de duas semanas e Sidney em dezembro. A equipa portuguesa, a Sail Portugal – Visit Madeira acabou este Act 6 na Madeira em quinto lugar, posicionando-se em sexto na geral das Extreme Sailing Series.

Diogo Cayolla, “capitão” da equipa portuguesa, referiu que o quinto lugar se ajustou perfeitamente à performance da equipa. “As quatro equipas que ficaram à nossa frente na classificação eram muito mais experientes e por isso um quinto lugar foi bom para nós”. Este, que é um dos mais conhecidos velejadores portuguese, lamenta apenas o facto de não existir muito vento. “A ausência do vento tirou um pouco do brilho à espetacularidade que podia existir na competição.”

The Extreme Sailing Series 2016. Act 6. Madeira. Portugal. 25th September 2016. Credit - Lloyd Images
The Extreme Sailing Series 2016. Act 6. Madeira. Portugal. Credit – Lloyd Images

O skipper português elogiou a organização do evento e o local em que este foi acolhido, referindo que a Madeira tem as características perfeitas para que este evento volte a passar pela “pérola do atlântico”.

A equipa portuguesa regressa amanhã ao continente onde, durante a próxima semana, dará início aos treinos para o Act 7 em Lisboa. As Extreme Sailing Series vão agora, pela primeira vez, até Lisboa, entre os dias 6 e 9 de outubro, para o penúltimo Act da competição.

 

Extreme Sailing Series™ Act 6, Classificação dia 4 – Ilha da Madeira, 14 regatas (25.09.16)
Posição /Equipa/ Pontuação

1º – Alinghi (SUI) Arnaud Psarofaghis, Nicolas Charbonnier, Timothé Lapauw, Nils Frei, Yves Detrey – 166 pontos.

2º – Red Bull Sailing Team (AUT) Roman Hagara, Hans Peter Steinacher, Stewart Dodson, Adam Piggott, Brad Farrand – 153 pontos.

3º – Oman Air (OMA) Morgan Larson, Pete Greenhalgh, James Wierzbowski, Ed Smyth, Nasser Al Mashari – 150 pontos.

4º – SAP Extreme Sailing Team (DEN) Jes Gram-Hansen, Rasmus Køstner, Mads Emil Stephensen, Pierluigi De Felice, Renato Conde – 141 pontos.

5º – Sail Portugal – Visit Madeira (POR) Diogo Cayolla, Frederico Melo, Nuno Barreto, Luís Brito, João Matos Rosa – 127 pontos.

6º – Land Rover BAR Academy (GBR) Neil Hunter, Chris Taylor, Will Alloway, Sam Batten, Rob Bunce – 122 pontos.

7º – Vega Racing (USA) Brad Funk, Tom Buggy, Nick Thompson, Zé Costa, Mac Agnese – 111 pontos.

Classificação geral Extreme Sailing Series™ 2016

Posição /Equipa/ Pontuação

1º Oman Air (OMA) 68 pontos.

2º Alinghi (SUI) 65 pontos.

3º Red Bull Sailing Team (AUT) 63 pontos.

4º SAP Extreme Sailing Team (DEN) 52 pontos.

5º Land Rover BAR Academy (GBR) 46 pontos.

6º Sail Portugal – Visit Madeira (POR) 42 pontos.

7º CHINA One (CHN) 29 pontos.