João Diogo Leitão solista em concerto da OCM

O concerto será dirigido pelo maestro Cesário Costa
O concerto será dirigido pelo maestro Cesário Costa

A Orquestra Clássica da Madeira vai dar um concerto a 30 de Abril, sábado, pelas 18horas, na Assembleia Legislativa da Madeira.

Este concerto estará sob a direcção do maestro convidado Cesário Costa, e contará com a participação do solista João Diogo Leitão, (guitarra), galardoado com o primeiro prémio dos “Prémio Jovens Músicos”, da Antena2.

O programa inclui obras de António Fragoso com orquestração de Sérgio Azevedo, Três peças do Séc. XVIII, em estreia absoluta; de Joaquín Rodrigo, o notável Concerto de Aranjuez para guitarra e orquestra e de Joseph Haydn, a Sinfonia nº92 “Oxford”.

Os bilhetes para o concerto estão disponíveis no Posto de Turismo, na Avenida Arriaga, e custam 20€, 15€ séniores, 10€ Associados e para as crianças dos 6 aos 12 anos 5€.

Maestro Cesário Costa

Cesário Costa  (n. 1970) tem vindo a distinguir-se em Portugal como um dos mais ativos maestros da sua geração. Depois do Curso Superior de Piano (Paris), completou o Mestrado em Direção de Orquestra (Würzburg, Alemanha), vencendo o III Concurso Internacional Fundação Oriente para Jovens Chefes de Orquestra. A sua atividade como maestro desenvolve-se tanto em Portugal como no plano internacional. Apresentou-se na Europa, Ásia, Cabo Verde e América com reportório que vai do barroco ao contemporâneo, tendo sempre a preocupação de divulgar obras de compositores portugueses. Colaborou com solistas e encenadores de renome. Fez a estreia absoluta de mais de cem obras, trabalhando com a maioria dos compositores nacionais contemporâneos. Paralelamente à atividade de maestro e de programador musical, tem sido professor em diversas escolas e na Universidade Católica Portuguesa. Foi Diretor Artístico e Maestro Titular da Orquestra do Algarve da Orquestra Clássica do Sul, Presidente da Metropolitana e Diretor Artístico da Orquestra Metropolitana de Lisboa. É atualmente Maestro titular da OrchestrUtópica e Principal Maestro Convidado da Orquestra Clássica do Sul.

Guitarrista João Diogo Leitão

Nascido a 6 de Fevereiro de 1990, em Gondomar, iniciou os seus estudos musicais aos 10 anos de idade na Academia de Música de Gondomar na classe de guitarra da professora Cristina Bacelar.

Em 2005 entra no Curso de Música Silva Monteiro e dedica-se ao estudo do repertório erudito com o professor Hugo Sanches.

Frequentou cursos de aperfeiçoamento com alguns dos guitarristas mais importantes da atualidade como Carlo Marchione, Álvaro Pierri, Joaquin Clerch, Marcin Dylla, Pablo Marquez, Judicael Perroy, Aniello Desiderio ou Ricardo Gallén.

Foi premiado e vencedor de vários concursos em Portugal, destacando-se, especialmente, o 1º lugar no “Prémio Jovens Músicos”, Nível Superior, tendo tido a oportunidade de tocar a solo com a Orquestra Gulbenkian sob a direção do maestro Pedro Carneiro.

Estudou com Dejan Ivanovic na Universidade de Évora e terminou o seu mestrado com Zoran Dukic, no Real Conservatório de Haia, Holanda em 2014.

Trabalhou com os maestros José Ferreira Lobo e Pedro Neves enquanto solista com a Orquestra do Norte e Orquestra Metropolitana, respectivamente.

Apresentou-se a solo em importantes salas como Casa da Música, Centro Cultural de Belém ou Grande Auditório da Fundação C. Gulbenkian e já tocou e gravou para as rádios Antena 2 (Portugal) e Radio 4 (Holanda).Usa uma guitarra do luthier grego Alkis Efthimiadis.

Nota relativa a *Três Peças do Século XVIII:

António Fragoso (1897-1918) escreveu as “3 Peças do Século XVIII” em 1917, perto do fim da sua curta vida, e estas pequenas peças para piano, instrumento de eleição do compositor, que dele era exímio executante, revelam a influência do “Tombeau de Couperin” (1914-17) de Ravel, nomeadamente o “Minueto” inicial que, embora de escrita mais simples, denota a elegância harmónica e a verve melódica do jovem português.