Jornal da Madeira mexe comandado pelos anti-albuquerquistas?

jornal-madeiraO Estepilha ficou a saber que os PPD’s mais ferrenhos do partido e assumidamente anti-albuquerquistas tencionam mexer com o título “Jornal da Madeira”, agora que ficou vago, com o nascimento do novo “JM”.

Como o título é uma referência para uma franja dos madeirenses e ficou livre, a ideia é “ressuscitá-lo com o comando muito indireto mas firme do conde do Quebra Costas”.

Ao Estepilha custa a crer esta operação de bastidores. Até porque o título Jornal da Madeira é da Igreja e a ela terá regressado. A estas dúvidas, as nossas fontes lembram que a união entre o trono e o altar é histórica no nosso país.