Reitor da Universidade do Algarve ordena investigação sobre praxe violenta

univesidade-argarve

De acordo com informação avançada pelo Jornal de Notícias, a rapariga e outros colegas foram levados para uma praia onde foram enterrados na areia e obrigados a ingerir bebidas alcoólicas. O caso foi relatado ao reitor da universidade algarvia, que vai ordenar um processo de averiguações. Uma das estudantes sujeita a essa atividade deu ontem entrada no Hospital de Faro mas já teve alta. Os pais queixaram-se e o caso vai ser averiguado.