Região concede apoio de 34 mil euros à ‘Porta 33’

porta 33
Foto CMF.

O Conselho do Governo reunido em plenário em 8 de Janeiro de 2015 resolveu conceder à Porta 33 – Associação Quebra Costas, Centro de Arte Contemporânea, uma comparticipação financeira que não excederá os € 34.639,29.

Com esse propósito , a Quinta Vigia resolveu autorizar a celebração de um contrato-programa com a ‘Porta 33’ “tendo em vista a comparticipação financeira das despesas resultantes da execução do projecto MAR – Madeira Artistas em Residência, correspondente à despesa elegível e ao financiamento público regional, equivalente a 15% da Despesa Pública aprovada no âmbito do Programa Operacional Intervir +, abrangendo o período entre o seu início e a sua conclusão”.

A Porta 33 “desenvolve a sua actividade no âmbito da cultura contemporânea, realizando ações na área das artes plásticas, designadamente ao nível de exposições, colóquios, documentação contemporânea, serviços educativos, etc., constituindo hoje um dos vetores mais expressivos e de maior visibilidade de uma política de assumida modernidade”, justifica a resolução hoje publicada no JORAM.