Talento madeirense vai subir ao palco do Festival Solos Ibéricos em Lisboa

Os qu’emigraRAM é a peça que leva o talento madeirense até Lisboa para participar na 2ª Edição do Festival Solos Ibéricos, no Teatro Ibérico.

Nos dias 5 e 6 de novembro, às 21h00 e às 17h00, este espetáculo vai trazer a palco temas como a emigração, a diáspora e a identidade madeirense com base em testemunhos reais daqueles que nunca deixaram o arquipélago e viram os outros partir.

Numa altura em que se verifica um regresso dos emigrantes à Madeira, motivado pelos contextos políticos de outros países como Inglaterra e Venezuela, esta produção prepara-se para apresentar o resultado de um levantamento de casos reais e testemunhos.

Os qu’emigraRAM é uma criação que esteve no terreno e porta a porta pelos concelhos do oeste da Região Autónoma da Madeira, Ponta do Sol e Calheta, e que agora dá a conhecer o que resta e o que move aqueles que (ainda) não abalaram.

Pelo segundo ano consecutivo, é já este mês que arranca o Festival Solos Ibéricos, uma iniciativa do Teatro Ibérico, que pretende dar palco a artistas emergentes e consagrados e às suas criações para celebrar o melhor da criatividade luso-espanhola.

De 22 de outubro a 20 de novembro, esta edição conta com solos performáticos de um único artista, performances teatrais de coletivos e companhias, bem como espetáculos com forte expressão corporal.

“O maior objetivo do Festival Solos Ibéricos é unir num só palco o talento e criatividade de Portugal e Espanha. Ficamos muito contentes por, nesta edição, termos conseguido trazer a palco o melhor do nosso país, sem esquecer o talento das nossas ilhas através da peça produzida pelo OITO – Oficina de Ideias das Terras do Oeste.

Neste festival, queremos dar a oportunidade a artistas tanto emergentes, como estabelecidos, de expressarem a sua arte e de mostrarem ao público lisboeta o melhor daquilo que temos, não só em Portugal, mas em toda a Península Ibérica”, explica Rita Costa, Diretora do Teatro Ibérico e do Festival Solos Ibéricos.

Para além da peça Os qu’emigraRAM, e com cinco fins de semana repletos de espetáculos  pensados para todas as idades e gostos, o Festival conta ainda com a peça Stand Down (22 e 23 de outubro), um divertido solo de Ángel Fragua, Mecha Show You (29 e 30 de outubro), criada pela artista espano-argentina Jimena Cavalletti, a mais recente produção da algarvia Mákina de Cena, Samotracias (12 e 13 de novembro) e, por último, Trilla (19 e 20 de novembro), um espetáculo da companhia espanhola La Phármaco.

Os espetáculos acontecem aos sábados às 21h00 e aos domingos às 17h00. Os bilhetes têm o valor de 10,00€ e podem ser adquiridos na Ticketline, nos locais habituais ou na bilheteira do Teatro Ibérico, nos dias dos espetáculos.

O Teatro Ibérico dispõe ainda de descontos, apenas na bilheteira e mediante apresentação de comprovativo para: estudantes, pessoas com Diversidade Funcional (oferta bilhete acompanhante), Reformados, maiores 65 anos e Desempregados, Grupos + 5 pessoas e Profissionais do Espetáculo. Também é possível fazer reservas através do e-mail bilheteira@teatroiberico.org ou do 927 510 092.

É ainda possível adquirir o passe geral do Festival e assistir a todos os espetáculos por 35,00€, o que representa um desconto direto de 15,00€.