Sérgio Marques satisfeito com abertura da Defesa para requalificar farol do Ilhéu de Cima

Cumprindo uma promessa assumida no passado sábado, aquando da visita ao Porto Santo, junto dos agentes e empresas de animação turística daquela Ilha, o deputado Sérgio Marques questionou, ontem, a Ministra da Defesa sobre a possibilidade do farol do Ilhéu de Cima vir a ser requalificado e aberto ao público, designadamente para fins turísticos, científicos e culturais.

A ministra, pelo seu lado, deu conta da sua “total disponibilidade” na matéria, tanto mais estando em causa a rentabilização daquele património e a promoção de uma cultura de defesa junto da sociedade civil, com a qual se identifica.

“Efectivamente e tal como afirmámos há dois dias, quisemos dar prioridade a este assunto, contactámos de imediato o Governo Regional no sentido de confirmar se havia ou não disponibilidade para viabilizar um protocolo de colaboração com o Ministério da Defesa – que é quem tutela o Farol, através da Marinha – e, hoje, apraz-nos registar esta abertura por parte da Ministra da Defesa, até porque é o Porto Santo que fica a ganhar”, disse Sérgio Marques.

Para o deputado, “todo o Ilhéu de Cima, onde se encontra o Farol e as casas contíguas que serviam para alojar os responsáveis pelo seu funcionamento, antes da evolução tecnológica que hoje dispensa a presença humana, apresentam um valor turístico, patrimonial, cultural e ambiental que são muito relevantes”.