PSD-Madeira aplaude IRC mais baixo para a costa norte e Porto Santo

Aplaudindo a aprovação do diploma que vem permitir a fixação de uma taxa de IRC mais baixa para a Costa Norte e para o Porto Santo, os deputados do PSD/Madeira eleitos à Assembleia da República fazem questão de sublinhar a importância desta medida e o esforço significativo que é assumido, pelo Governo Regional, na sua concretização, lançando críticas ao aproveitamento político de Partidos que, como o PS/M, “mais uma vez são os primeiros a vir a público vangloriar-se pelo que não fizeram”.

Um aproveitamento político que, conforme frisa a deputada Patrícia Dantas, “nada acrescenta ou abona a favor da nossa população e apenas vem reafirmar a memória curta e a contradição interna que reina neste Partido”, tanto mais quando, prossegue, “o PS/M que agora se vangloria por uma medida que só é possível graças ao Governo Regional e em sede de Orçamento Retificativo é o mesmo PS/M que antes, no âmbito do Orçamento de 2021, votou contra uma proposta de idêntico teor, apenas por ter sido apresentada por outro grupo parlamentar”

Esta medida vem beneficiar as Empresas do Norte e do Porto Santo, que passam a pagar menos IRC a partir de hoje, na base de uma Taxa que passa dos actuais 11,9% para 8,75%, para os primeiros 25 mil euros de matéria coletável. Um esforço do Governo Regional que vem contribuir para a dinamização e crescimento económico e social dos concelhos a que se destina, bem como para um desenvolvimento mais equilibrado.