JPP afirma ter democratizado o Caniço

O secretário-geral do JPP esteve reunido com o presidente da Junta de Freguesia do Caniço, Milton Teixeira, num conjunto de actividades que integrarão uma “ronda” local às freguesias do Concelho de Santa Cruz.

Milton Teixeira, presidente da Junta de Freguesia e porta-voz da iniciativa, destacou a dinâmica do executivo e o “pioneirismo” em vários projectos que estão a ser desenvolvidos no Caniço.

O presidente da Junta de Freguesia realçou o facto de o Caniço ser “uma das Juntas de Freguesia mais evoluídas do País, em termos tecnológicos, permitindo aos fregueses aceder a vários serviços da Freguesia, de forma rápida, através do site”.

Esta é uma medida fundamental,, disse, “principalmente num momento em que se verifica a renovação de matrículas nas escolas e as candidaturas às bolsas de estudo, facilitando a vida aos encarregados de educação”. Mas realçou também a possibilidade de “registar os incidentes com georreferenciação, sem ter de se deslocar, fisicamente, à Junta”.

Milton Teixeira referiu, a propósito, a importância da implementação de vários apoios ao ensino, como o apoio a material escolar, medida que abrange cerca de 100 estudantes residentes na Freguesia e que apoia o próprio comércio local, com a utilização dos vouchers numa das papelarias da Freguesia, relembrando que a fase de candidaturas termina já este mês.

O presidente da Junta de Freguesia do Caniço salientou ainda o projeto do cuidador informal, “um projeto que já decorre há 5 anos, em parceria com o centro de saúde local, e que mostra, mais uma vez, o pioneirismo do Caniço em responder às necessidades levantadas pela população local”.

Embora seja uma freguesia “jovem, esta é uma freguesia que tem também muitos idosos e é preciso formação específica para apoiar este grupo específico”, referiu.

A recuperação da vereda de Levada da Azenha, “um dos grandes Patrimónios culturais da Freguesia, onde se localiza um moinho de água” é o mote para um projecto que a Junta está a desenvolver, “o roteiro das veredas da freguesia do Caniço com informações específicas dos percursos”.

Esta foi uma “necessidade que surgiu com a pandemia, onde vimos muitas famílias a sair e a conhecer as veredas do Caniço e a indicar-nos propostas de melhoria que estamos, neste momento, a responder”, referiu Milton Teixeira.

“A Festa Gastronómica do Caniço, que irá decorrer já neste fim-de-semana, é outra actividade que já vai com quase 30 anos de existência, e que promove, essencialmente, o comércio local e um cartaz de animação puramente madeirense”.

Milton Teixeira terminou referindo que “muito está a ser feito e, como acontece no associativismo, há sempre recomendações”, mas o “JPP destaca-se por esta forma de actuar, esta proximidade com o cidadão, encontrando respostas específicas às necessidades da população sendo este dinamismo que permite dizer, hoje, que o JPP democratizou o Caniço”.