Declarações dos primeiros classificados, findo o Rali

De acordo com um comunicado da organização do Rali Vinho da Madeira, estas foram as declarações dos primeiros classificados, finda a prova:

Alexandre Camacho:

“Tenho a sensação de missão cumprida, com perseverança e resiliência. Estamos muito satisfeitos por mais esta vitória e ser os primeiros a conseguir vencer esta prova cinco vezes. Neste rali nunca pensei no campeonato, o nosso grande objetivo era mesmo o triunfo.”

Miguel Nunes, 2º

“Este resultado sabe bem apesar de nunca poder imaginar que esta posição pudesse me deixar satisfeito. Tivemos um primeiro dia difícil e estamos satisfeitos com o que conseguimos hoje pois ganhamos todas as provas especiais do dia. Para além disso, não perdemos para os nossos adversários em pontuação no campeonato e este é um passo importante para a revalidação do título.”

José Pedro Fontes, 3º

“Acabou sendo um resultado satisfatório apesar de não ser este o nosso objetivo. Lamentamos a desistência do Bruno Magalhães com que vínhamos a discutir a vitória para o campeonato nacional. A vitória no CPR e a subida ao pódio absoluto têm sempre bom sabor.”

Armindo Araújo, 4º

“O quarto posto absoluto, segundo para o CPR, deixa-nos satisfeitos pois também nos permite estar mais próximos do nosso objetivo para a temporada, o título nacional. Já sabíamos que seria muito difícil poder lutar pela vitória absoluta que estava à mercê dos madeirenses. Foi um grande rali.”

Bernardo Sousa, 5º

“Tudo bem. Trabalhamos bastante para o futuro, sabemos das nossas virtudes e fraquezas e onde devemos melhorar. Rodamos cerca de 200 quilómetros em competição e isso irá nos permitir melhorar ainda mais para o restante campeonato nacional.”