Bairro da Nogueira: CDU acusa GR de despejar «centenas de famílias num gueto»

Foto DR

A CDU desenvolveu hoje uma iniciativa política regional no Bairro da Nogueira, na Camacha. Na ocasião, «foi apontado o desleixo por parte do Governo Regional e o abandono a que votaram aquelas populações.»

Edgar Silva, Coordenador Regional da CDU, acusou «o Governo Regional da Madeira de ter despejado centenas de famílias num gueto, numa situação de marginalização e de isolamento forçado».

De acordo com Edgar Silva, «no Bairro da Nogueira foram despejadas mais de 1200 pessoas, num dos processos mais negativos de desintegração social promovida pelos governantes. Além da falta de coordenação institucional e de cooperação política entre o governo Regional e a Câmara Municipal de Santa Cruz no que se refere a este lugar social, no Bairro da Nogueira os governantes negam todas as respostas de inclusão social e de participação cívica. Os governantes negligenciam tudo quanto deveria existir aqui de dinamização de um conjunto de atividades de promoção da educação, inclusão, formação e qualificação, dinamização comunitária, saúde, participação e cidadania».

«Os governantes também enganaram as populações dado que mentiram descaradamente quanto à prometida recuperação das casas que dependem do IHM,EPERAM. Os governantes prometeram reabilitar, no ano de 2021, todo o Bairro da Nogueira, o que se revelou uma verdadeira fraude», afirmou Edgar Silva