Arranque do congresso nacional do PSD no Dia da Região: “Protesto, não vou”

O ex-presidente do PSD-Madeira, Alberto João Jardim ficou indignado com amarcação do arranque nacional do congresso do PSD para o dia da Região, hoje, 1 de julho, no Porto.

É o seguinte o “post” colocado nauma rede social:

“Para 1 de Julho, DIA DA REGIÃO AUTÔNOMA DA MADEIRA:

– Direção cessante PSD nacional marca Congresso.
Protesto, não vou.
– República, pior, faz “luto nacional”por Paula Rêgo,
indiscutível, mas finada já há vários dias. Protesto e não cumpro!
Não gozem com o Povo Madeirense…”.
O Congresso deste fim de semana marca o fim do consulado de Rui Rio e a passagem de testemunho a Luís Montenegro.
Uma delegação da Madeira liderada por Miguel Albuquerque marca presença neste congresso na cidade Invicata.