Alcione encantou no encerramento do Raízes do Atlântico

Miguel Albuquerque foi um dos inúmeros madeirenses que se rendeu, ontem, à voz da brasileira Alcione, a diva convidada pela Secretaria do Turismo e Cultura para encerrar o Festival Raízes do Atlântico, este ano de volta ao modo presencial, após dois anos suspenso, devido à pandemia.

O presidente do Governo Regional esteve na Praça do Povo, onde comungou do entusiasmo das centenas de pessoas que assistiram ao regresso de Alcione à Região, no âmbito da digressão que marca os seus 50 anos de carreira.

A artista cantou sucessos como “Não deixe o Samba Morrer” ou “Meu Vício é Você”, entre muitos outros.