Vasco da Gama com 275 passageiros

Fotos Rui Marote

Chegou esta manhã ao Funchal o maior paquete de cruzeiros de um armador português, o Vasco da Gama.

Propriedade do armador Mário Ferreira, e registado no MAR-Madeira (Registo Internacional de Navios), o navio vem dos Açores.
O Vasco da Gama foi construído para a Holland America Line como Statendam, nos estaleiros italianos de Fincantiari, entre 1991 e 1993. Realizou a sua viagem inaugural a 25 de Janeiro de 93, assim se mantendo até 2015, quando foi renomeado “Pacific Eden”.
Foi então ransferido para a operadora australiana “P&O Cruises Australia”. Já em 2019, a britânica Cruise & Maritime Voyages comprou-o e deu-lhe o nome actual.
Com o aparecimento da pandemia em 2020, a C&MV entrou em colapso, tendo os seus navios sido colocados à venda. Nessa altura o armador português comprou o navio.
O “Vasco da Gama” possui 55.877 toneladas de arqueação bruta, 219 metros de comprimento, 30,7 metros de boca e 7,5 metros de calado. Tem ainda 13 decks, com 630 camarotes em 5 dos mesmos.
Pode levar a bordo 1260 passageiros e aumentar esse número para 1.512 no total. 588 elementos constituem a sua tripulação