Funchal Sempre à Frente pretende “aproximar UMa e CMF”

A Coligação ‘Funchal Sempre à Frente’ afirma querer aproximar a Academia para a Cidade e vice-versa, criando “uma rede municipal de centros de investigação, de forma a criar uma ligação institucional entre os diferentes centros de investigação da Universidade da Madeira (UMa) e da Câmara Municipal do Funchal (CMF)”.
Pedro Calado “quer trazer a UMa para o “interior” da cidade (…)”, resume um comunicado da coligação.
O objetivo da dita rede é “potenciar a formação das novas gerações, fazendo a ligação entre a Academia e o mundo laboral. Adicionalmente, com esta rede, os diversos centros de investigação da UMa seriam também chamados a participar na estratégia de captação de investimento da CMF, ao mesmo tempo que potenciariam que as novas gerações tivessem uma formação mais prática, apostando numa vertente de formação profissional com base na investigação e com o apoio da CMF”, reza uma nota enviada às Redacções.
Recentemente,  a candidatura “Funchal Sempre à Frente” manteve uma reunião com a Associação Académica da Universidade da Madeira (AAUMA), tendo Pedro Calado prometido investir na formação, alargando as bolsas de estudo a vários ciclos universitários.
O cabeça-de-lista pela coligação do PSD/CDS à autarquia do Funchal pretende além das licenciaturas, alargar o financiamento das bolsas de estudo a mestrados e doutoramentos. Uma medida que também abrange os cursos técnicos superiores, assegura-se.