CDU denuncia destruição e ocupação da orla costeira

A CDU realizou uma iniciativa política na zona da Vitória, na freguesia de São Martinho, Funchal,  abordando a destruição da orla costeira.

A ocupação “desastrada e ilegítima” da orla costeira no concelho do Funchal foi apontada por Edgar Silva, candidato da CDU à Presidência da Câmara Municipal do Funchal, “como um dos processos de maior negligência política ao longo dos últimos anos”.

De acordo com Edgar Silva, “a antiga Praia da Vitória, na vizinhança da foz da Ribeira dos Socorridos, foi uma praia do povo. Não só aquela praia foi roubada ao povo do Funchal, como a conivência dos governantes fez com que fosse destruída toda aquela zona do litoral. Depois de as empresas que ali se instalaram terem concretizado a ocupação ilegítima dos acessos à antiga Praia da Vitória através do caminho pedonal nas margens do ribeiro, de forma desastrada, as actividades industriais implantadas naquela orla costeira destruíram o que tinha sido a Praia da Vitória”, disse.

Lamentavelmente, segundo a CDU, “a conivência e a negligência dos governantes na CMF, quer no tempo do PSD, como agora com o PS, levaram a que a orla costeira fosse ocupada entre os Socorridos e a Vitória por actividades industriais altamente perigosas, poluentes e destruidoras daquela paisagem na orla costeira”.

Conforme realçou Edgar Silva, “é vergonhoso que a CMF nada tenha feito para obrigar à criação de alternativas à localização daquelas actividades industriais, como ali acontece, desde o sector químico, com os cimentos, com os combustíveis, com o gás… É demasiado mau verificar que, tal como o fizeram no tempo do PSD, e o repetem no tempo do PS, não há uma estratégia de reabilitação e de requalificação de todo o litoral entre a foz da Ribeira dos Socorridos e o Arieiro”.