Orçamento participativo: Campanário quer parque infantil e horta pedagógica

A criação de um parque infantil e de uma horta pedagógica e tradicional no centro da freguesia do Campanário foram as propostas reivindicadas pela população no âmbito do Orçamento Participativo, segundo nos dá conta uma nota enviada à nossa Redacção.

Numa sessão realizada ontem na casa do Povo local, os munícipes apontaram algumas necessidades importantes para o desenvolvimento da freguesia, sendo estas as duas ideias mais votadas para seguir em frente no processo de participação conjunta entre a autarquia e os munícipes.

A horta pedagógica estará acessível aos alunos das escolas da freguesia, para que fujam um pouco das tecnologias e tenham um contacto próximo com a terra e com algumas tradições, como a plantação de trigo, árvores de fruto e ervas de chá, permitindo a dinamização de actividades práticas. Os produtos seriam usados para a confecção de compotas e doces caseiros na Casa do Povo.

Quanto à construção de um parque infantil no centro da freguesia, é uma aspiração antiga da população do Campanário, que gostaria de ver nascer um espaço dedicado aos mais novos, sendo uma infraestrutura importante que virá beneficiar a localidade.

O Orçamento Participativo voltará a ouvir as sugestões dos munícipes a 2 de Junho, na Ribeira Brava, numa sessão aberta à participação de todos, podendo ser apresentadas propostas para as quatro freguesias do concelho.

A Câmara Municipal reserva um valor global de 75 mil euros para a execução das três propostas mais votadas, investindo 25 mil euros em cada projecto vencedor.