Santa Cruz inicia distribuição de ecopontos domésticos

A Câmara Municipal de Santa Cruz entregou, hoje os primeiros ecopontos domésticos. Este é um dos primeiros passos de um programa ambiental integrado no âmbito da recolha selectiva de resíduos, que envolve também a implementação das primeiras cinco ilhas ecológicas do concelho de Santa Cruz, e a criação do novo ecocentro municipal.

O objectivo é ter um concelho cada vez mais limpo, com abordagens modernas na gestão dos seus resíduos e com um contributo ativo de todos nas questões ambientais que são cada vez mais relevantes, refere a Câmara.

A Campanha de sensibilização “SANTA CRUZ A SEPARAR, PARA RECICLAR” no âmbito da execução da Operação POSEUR-03-1911-FC-00213 – Reforço da Rede de Recolha Seletiva de Resíduos no Concelho de Santa Cruz, visa promover a separação e posterior reciclagem de resíduos, através da distribuição de ecopontos domésticos a famílias residentes em moradias unifamiliares, nomeadamente de papelões, embalões e vidrões.

“Através da disponibilização dos três contentores, pretendemos que os munícipes colaborem na separação dos resíduos sólidos, de uma forma mais cómoda e sem deslocações aos ecopontos públicos”, refere uma informação.

“Neste âmbito, foram enviadas já 2000 cartas, que representam o número de famílias abrangidas nesta primeira fase, pelo que o Município apela a que os munícipes respondam a essa solicitação, por forma a dar seguimento a este processo”, salienta uma informação.