Miguel Gouveia inaugura “Viveiro de Lojas”

O edil funchalense, Miguel Gouveia, esteve hoje no Largo do Corpo Santo, na Zona Velha, para a inauguração do Viveiro de Lojas, um projecto que consiste numa incubadora para novas marcas locais, permitindo que empreendedores regionais testem os seus produtos durante 6 meses, sem os custos inerentes à abertura de um espaço próprio.

Miguel Gouveia referiu, na ocasião, que “numa altura em que o tecido empresarial apela à capacidade de adaptação e também à criatividade dos nossos empreendedores, a CMF associou-se a essa necessidade e criou este espaço para testar e dar a conhecer os produtos ao mercado. No fundo, servindo como um embrião de novos empreendedores e de novas lojas para a cidade do Funchal.”

O Viveiro de lojas do Funchal acolhe nesta primeira fase seis projectos, nomeadamente a Wicker_it Innovating Tradition, a Provecto, a Madeira Pebbles, a Notebooks & Arts, a Artes da Flor, e o artista António Miguel do Livramento Ramos. O autarca reforçou que até Outubro “os empreendedores podem testar aqui os seus produtos e o que esperamos é que possam ter um nível de sucesso nas vendas que depois justifique a criação de uma loja noutro ponto da cidade.”

O autarca lembrou que a ideia do Viveiro de Lojas “surgiu do nosso programa de Revitalização do Comércio Tradicional que tem também por objectivo ajudar a povoar algumas das lojas que estão fechadas na baixa do Funchal, criando aqui uma janela de oportunidade para que depois possam fazer essa passagem para um desses espaços.”

A autarquia recebeu mais de duas dezenas de candidaturas ao longo do período de inscrição “foi um trabalho de selecção difícil tal era a qualidade e diversidade dos artigos apresentados, muitos deles manufacturados, mas quem não teve oportunidade de mostrar os seus produtos agora pode candidatar-se novamente à próxima fase, porque depois dos seis meses iremos escolher outros empreendedores”, anunciou.