Presidente do GR admite alívio das restrições mas com muito cuidado

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, visitou hoje o Centro de Vacinação da Calheta, localizado no pavilhão dos Prazeres. Na oportunidade, o governante considerou que a vacinação está a decorrer dentro do ritmo planeado. “Neste momento temos cerca de 71.089 pessoas já vacinadas”, entre a primeira e a segunda inoculações.

“Os profissionais têm feito um grande esforço para mantermos este ritmo de inoculação, e cumprirmos os objectivos”, realçou. Albuquerque continua a dizer que quer a população imunizada em Setembro. “Se recebermos as vacinas da Johnson (…) em Junho poderemos acelerar essa vacinação”, disse.

O chefe do Executivo madeirense acrescentou que a situação tem-se mantido estável do ponto de vista das infecções, mas, com mais de 300 casos activos na Madeira, ainda é preciso ter cuidado. Na próxima segunda-feira, deverá realizar uma conferência de imprensa na qual serão anunciadas medidas para, possivelmente, “desanuviar a actual situação”.

No entanto, foi avisando que “não vale a pena fazerem pressões sobre o governo nem sobre as autoridades de saúde, porque as decisões serão tomadas tendo por base a situação epidemiológica e o grau de risco. A pandemia não acabou, sublinhou, e qualquer alívio das restrições tem de levar em linha de conta que não se quer tomar nenhuma medida precipitada, sob pena de “tudo voltar para trás, e termos de voltar a fechar as coisas, como aconteceu recentemente nos Açores”.