Ordem dos Farmacêuticos enfatiza vacinação destes profissionais na RAM

De acordo com uma informação da Ordem dos Farmacêuticos, a Região Autónoma da Madeira iniciou este fim-de-semana a vacinação dos farmacêuticos e restantes colaboradores das farmácias comunitárias incluídos nos grupos prioritários para vacinação, enquanto profissionais de saúde diretamente envolvidos na prestação de cuidados à população. O FN já tinha noticiado que, na mesma altura, começaram a ser vacinados também os médicos dentistas e assistentes.

De acordo com a Ordem, a Comissão de Coordenação de Vacinação contra a COVID-19 atribuiu um primeiro contingente de 90 doses da vacina para administração às equipas das farmácias comunitárias. “Procurámos abranger o maior número possível de farmácias, para que tenham, pelo menos, um dos seus colaboradores vacinados”, explica o presidente da Delegação Regional da Madeira da Ordem dos Farmacêuticos, Tiago Magro.

Ao todo, foram abrangidas 50 farmácias (38 farmacêuticos e 54 técnicos de farmácia), o que corresponde a 78% das farmácias da ilha da Madeira. A farmácia do Porto Santo será vacinada na próxima semana, aproveitando a deslocação da equipa técnica de vacinação.

“O Governo Regional da Madeira está a dar um exemplo de organização, rapidez e eficiência na identificação e administração de vacinas aos grupos prioritários, designadamente aos profissionais de saúde”, afirma a Bastonária, Ana Paula Martins.

“É um exemplo e é também uma forma de mostrar respeito e consideração por quem tem as portas abertas, todos os dias, para que não faltem medicamentos à população”, considera ainda a bastonária.

A Ordem dos Farmacêuticos concluiu já a nível nacional o recenseamento de quase 8.000 farmacêuticos que desejam integrar a primeira fase do Plano de Vacinação contra a COVID-19, aguardando agora a chamada para vacinação dos farmacêuticos do continente, bem como da Região Autónoma dos Açores.