UMa encerra Cantina até 31 de Janeiro, por causa de um caso de Covid-19

A Universidade da Madeira (UMa) teve conhecimento hoje de que um funcionário, que integra os Serviços Sociais, na equipa de pessoal da Cantina, testou positivo à COVID-19, refere uma nota de imprensa assinada pelo vice-reitor, Sílvio Fernandes.

A UMa procedeu de acordo com o seu plano de contingência, tendo sido contactadas a Comissão de Prevenção e Controlo do Coronavírus da UMa e a Autoridade Regional de Saúde. Os trabalhadores que tiveram contactos directos com o funcionário infectado ficaram em isolamento, e foi encerrado o referido espaço, tendo-se iniciado a desinfecção das instalações, que ficarão encerradas até ao próximo dia 31 de Janeiro, inclusive.

“Não existirá refeição social, amanhã, dia 27 de Janeiro (quarta-feira), estando contudo disponíveis refeições ligeiras no bar dos alunos/funcionários. Excepciona-se a refeição social que será produzida e servida na Residência de Estudantes”, informa a UMa.

O serviço de alimentação será restabelecido a partir do dia 28 de Janeiro (quinta-feira), inclusive, com recurso à produção externa das refeições e sua disponibilização nos demais pontos de consumo.

A Universidade da Madeira afirma que irá continuar a acompanhar o evoluir da situação e seguirá as orientações da Autoridade de Saúde.