Órgãos de governo próprio na RAM com prioridade para receber a vacina contra a Covid-19

O presidente do Governo Regional disse hoje aos  jornalistas que na Madeira será cumprido o que foi determinado pela autoridade pública nacional, no que concerne à vacinação dos titulares de órgãos de soberania. A Comissão de Vacinação Regional, referiu, deverá cumprir com o determinado.

Assim sendo, deputados à Assembleia Legislativa da Madeira, presidentes de Câmara e vereadores deverão ser vacinados, além dos membros do GR. Para Albuquerque, faz sentido que quem tem que ter poder de decisão “esteja, de certa forma, salvaguardado”.

“Nós vamos receber o próximo lote de vacinas no início de Fevereiro… Vamos continuar a trabalhar”, referiu, dizendo também que recebeu um telefonema de António Costa ontem, a informar sobre a referida prioridade dos órgãos de soberania na administração da vacina contra a Covid-19. As declarações foram proferidas à margem da visita de Albuquerque a um espaço empresarial.

Por outro lado, Miguel Albuquerque voltou hoje a frisar, na visita à nova unidade da empresa UAUCACAU, localizada no Parque Empresarial da Ribeira Brava, que é necessário fazer uma séria aposta na “produção regional de excelência”. Considerando que a UAUCACAU é disso exemplo, referiu que a nova unidade permitirá aumentar a produção em 600 por cento. “Nós queremos apoiar este casal, esta empresa, porque na realidade tem grande potencial de crescimento, quer no mercado regional, que no nacional e internacional”.