PPM diz que há “gente a dormir na forma” e a não prevenir a criminalidade no Funchal

O PPM Madeira diz que tem vindo a alertar para o crescimento da criminalidade na cidade do Funchal, mas “até agora ninguém nos deu ouvidos e alguns até disseram que o Funchal é uma cidade segura”.
Porém, o coordenador do partido, Paulo Brito, afirma que ultimamente várias notícias têm vindo a comprovar o que o PPM Madeira tem dito.
“Isto está a tornar-se intolerável e se assim continua, com estabelecimentos a ser várias vezes assaltados num curto espaço de tempo, ainda iremos ver os cidadãos e os comerciantes a fazer milícias para defender os seus bens e com toda a razão, pois quem deveria tomar medidas para que principalmente neste estado de confinamento tudo decorra sem incidentes está literalmente e desculpem a expressão “a dormir na forma”, referem os monárquicos regionais.
 “Não venham com a desculpa de falta de efectivos das nossas forças de segurança, pois com uma boa coordenação tudo se resolve e sabemos que as nossas forças de segurança têm os meios necessários para proteger pessoas e bens”, sentencia o partido, que espera que “sejam tomadas medidas urgentemente para que o aumento da criminalidade seja combatida”.