Nova estirpe do coronavírus já entrou na Madeira vinda do Reino Unido

Na sequência da análise genética pedida pela Direção Regional de Saúde ao Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge a uma amostra de alguns casos positivos detetados na RAM, foi confirmada a presença da nova estirpe do vírus do Reino Unido na Madeira.

Segundo uma nota de imprensa hoje divulgada, a nova estirpe do SARS – CoV-2 foi detetada em viajantes que chegaram à Madeira provenientes do Reino Unido.

Esta identificação só foi possível graças ao trabalho desenvolvido pelo Centro de Rastreio do Aeroporto Internacional da Madeira o qual permite rastrear, identificar e encaminhar para isolamento casos positivos, quando detetados.

A estratégia regional de deteção e de controlo da pandemia COVID-19 mantém-se com enfoque na vigilância  dos passageiros e no cumprimento das orientações emanadas pelas autoridades de saúde, diminuindo assim o risco de contágio pelo novo coronavírus na região.

“Voltamos a reforçar a importância do cumprimento das orientações da Saúde nesta época festiva. É importante celebrar a festa natalícia em casa, mas de forma segura.”, revela a nota de imprensa.