AMN dá conselhos aos navegantes que se deparem com orcas

A Autoridade Marítima Nacional emitiu um comunicado alertando para os comportamentos a ter aquando do avistamento ou interacção com orcas.

A interacção com estes mamíferos ocorre sobretudo devido ao comportamento curioso de orcas juvenis, as quais, atraídas pelas estruturas móveis e ruidosas das embarcações, como o leme e a hélice, podem aproximar-se excessivamente das embarcações e embater nas estruturas móveis, com probabilidade de ruptura total ou parcial do leme, refere a AMN.

Assim, em caso de avistamento destes mamíferos, a Autoridade Marítima Nacional e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) recomendam a todos os navegantes que seja desligado o motor, por forma a inibir a rotação da hélice, e que se imobilize a porta do leme, desmotivando assim estes mamíferos a interagir as estruturas móveis das embarcações.