Programa patrocinado pela Gulbenkian “O Melhor de MIM” apresentado no “Liceu” com participação ativa dos estudantes

A Escola Secundária Jaime Moniz promoveu, na passada quinta feira, entre as 08h00 e as 10h30, uma demonstração em contexto de sala de aula do Programa “O Melhor de MIM”, enquadrado na Academia do Conhecimento da Gulbenkian.

Uma turma de estudantes do 12.º ano de escolaridade, do curso de Humanidades, teve a oportunidade de assistir a uma aula diferente, dirigida por dois psicólogos, Luís Santos e Carina Nunes, que coordenam na Madeira o projeto patrocinado pela Gulbenkian, tendo ainda como parceiro o Instituto de Segurança Social da Madeira.

Com grande vivacidade e empatia com os jovens, ambos os psicólogos desenvolveram várias estratégias junto de alunos, entre os 17 e os 18 anos de idade, no sentido da valorização da autoestima, da afirmação da personalidade e da sensibilização para os valores.

Desta vez, os manuais e os cadernos ficaram guardados nas mochilas para dar espaço ao autoconhecimento e à redescoberta das coisas simples da vida, às forças e virtudes de cada um, através de dinâmicas lúdicas que motivaram o interesse dos alunos.

O Programa “O Melhor de MIM” é uma metodologia experimental de intervenção com jovens adolescentes, inspirada em modelos da Psicologia Positiva e outros. Vários estabelecimentos de ensino da Madeira são já parceiros. A sessão na Jaime Moniz constituiu uma espécie de demonstração do Programa, tendo contado com a participação ativa dos alunos, alguns deles com receios acrescidos motivados pela atual conjuntura de pandemia.

De uma forma geral, o Programa está estruturado em 12 sessões grupais, nas quais os jovens exploram a anatomia da felicidade e treinam competências para que construam ativamente o seu bem-estar e floresçam.

A evidência científica corrobora que as atitudes e comportamentos positivos que se desenvolvem na adolescência são um espólio que precisa de ser nutrido para produzir o florescimento ao longo da vida.

Em Portugal, estima-se que apenas 7% da população esteja em florescimento. O conceito de florescimento refere-se, na generalidade, a sentir-se bem e funcionar eficazmente (Huppert So, 2013).

Apesar de a Felicidade e o Bem-estar psicológico serem temas atuais e com crescente interesse pela população em geral, assim como pela comunidade científica, existem ainda poucos instrumentos e metodologias testadas na população portuguesa.

O Programa “O Melhor de MIM” nasce assim da necessidade de criar uma intervenção estruturada, coerente e cientificamente validada para potenciar o que cada indivíduo tem de melhor. Antecipa-se que os jovens que beneficiem desta Academia possam sentir-se melhor e mais satisfeitos com a vida; funcionar de modo mais eficaz; aprender com mais facilidade; trabalhar de modo mais produtivo; ter melhores relações sociais e contribuir mais para a sua comunidade.