Madalena Nunes evocou mulheres que se destacaram na vida funchalense

Madalena Nunes, a vereadora detentora do pelouro da Cultura na CMF, apresentou, esta tarde, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o Roteiro Mulheres do Funchal, que pretende evocar um conjunto vasto de mulheres que, em todos os tempos e circunstâncias, se destacaram na vida da urbe. Esta apresentação está inserida na Semana da Igualdade, que decorre de 15 a 24 de Outubro, e que assinala as comemorações do Dia Municipal para a Igualdade, celebrado no próximo dia 24 de Outubro, lembra a Câmara.

“Há cerca de 30 ruas e becos com nomes de mulheres no Funchal”, disse Madalena Nunes. “Este roteiro pretende dar a conhecer essas mulheres que foram importantes na história da cidade e que souberam, cada uma com as suas características, enriquecer o quotidiano do Funchal. São mulheres pioneiras e corajosas que muitos de nós desconhecemos e às quais procuramos também prestar homenagem com a edição deste testemunho das suas vidas”, refere uma nota.

A autarca agradeceu a colaboração do Departamento de Educação e Qualidade de Vida e do Departamento de Economia e Cultura da edilidade funchalense, por todo o trabalho desenvolvido nas questões da igualdade e na elaboração deste roteiro, que está disponível de forma digital no site Visit Funchal. Este projecto, que conta 38 histórias, teve coordenação de Cristina Trindade e Luísa Antunes Paolinelli.

Durante o dia de ontem e também no âmbito da Semana da Igualdade, decorreu no Salão Nobre, a tertúlia “Igualdade na Velhice”, que debateu a igualdade de oportunidades na terceira idade. A conversa teve como oradores a vereadora Madalena Nunes, a Conselheira Municipal para a Igualdade, Guida Vieira, e  Hugo Castro Andrade, presidente da Associação OLHO.te. A tertúlia contou com uma plateia com cerca de 25 participantes seniores.

A Semana da Igualdade 2020 pretende debater e promover as questões da igualdade no concelho. Amanhã, sexta-feira, pelas 18h00, na Sala da Assembleia Municipal tem lugar a apresentação da “Agenda Feminista da UMAR”. O ponto alto das comemorações acontece no sábado, dia 24 de Outubro, Dia Municipal para a Igualdade, com a entrega do Prémio Municipal Maria Aurora e com o concurso de vídeo “Caminhando para a Igualdade”.