Madeirense Miguel Nunes venceu 61ª edição do Rally

O madeirense Miguel Nunes (Skoda Fabia r5 Evo), co-pilotado por João Paulo, sagrou-se vencedor do Rally Vinho da Madeira, nesta sua 61ª edição. Miguel Nunes liderou desde a 1ª à 16ª classificativa do programa, é entrou com justiça para o “clube” restrito dos madeirenses que venceram a prova “rainha” do desporto automobilístico regional. Quanto a Alexandre Camacho e José Maria Lopez, ocuparam os restantes lugares do pódio. Nas posições imediatas classificaram-se Bruno Magalhães, o melhor do campeonato nacional da modalidade, e João Silva.

A definição do pódio provisório, ainda a prova decorria, sofreu uma reviravolta inesperada quando Pedro Paixão, numa consequência dos problemas de motor já anteriormente registados, teve de desistir no arranque para a PE 13. Um infortúnio que, segundo a organização, permitiu a ascensão de Alexandre Camacho, com um ritmo muito forte, à segunda posição e de “Pepe” Lopez, o melhor em Câmara de Lobos 2, ao lugar mais baixo do pódio.