Organização do Rally Vinho da Madeira recorda Janica Clemente

Com a realização do Rally Vinho da Madeira a aproximar-se, a organização da prova relembrou na sua página na Internet a figura do histórico madeirense Janica Clemente.

Durante muitos anos, “Janica” Clemente foi o último madeirense a vencer a Volta à Ilha da Madeira, primeira denominação do Rali Vinho da Madeira, reza o texto publicado. O piloto conseguiu o feito em 1975, na edição que sucedeu a um hiato na realização do evento devido à crise petrolífera de 1974. Só quase 30 anos depois, Vítor Sá conseguiria o mesmo. O triunfo do piloto só veio reforçar a sua popularidade no arquipélago, pois já era muito apreciado não só pela sua amabilidade como pela sua condução espectacular, com muitos power slides.

João “Janica” Clemente Aguiar nasceu no Funchal no final da década de 1930 e nos ralis construiu uma carreira sempre associado à Ford. Os seus principais resultados foram conquistados na década de 1970 com viaturas como o Ford Cortina Lotus e as duas versões do Ford Escort RS 1600. Tal como muitos outros pilotos madeirenses na altura, também obteve boas classificações em ralis disputados no arquipélago das Canárias. O piloto retirou-se bastante cedo das competições e veio a falecer no começo de 2018, vítima de doença prolongada.