CMF já recebeu 1490 candidaturas à atribuição de manuais escolares

A Câmara Municipal do Funchal, desde que abriu as candidaturas ao programa de Atribuição de Manuais Escolares para o 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico, já recebeu 1490 candidaturas ao apoio que visam a gratuitidade do ensino no concelho.

A vereadora que tutela o Pelouro da Educação e do Desenvolvimento Social na autarquia, Madalena Nunes, refere que “até então o apoio tem vindo sempre a crescer tanto no número de alunos apoiados como na verba do orçamento municipal disponibilizada. Em apenas duas semanas, já recebemos 26% do total das candidaturas que foram submetidas em 2019, isso justifica a importância desta ajuda do Município em prol da qualidade de vida dos agregados familiares”.

“O investimento que, desde 2014, fazemos em educação, no Funchal, passa por diferentes instrumentos, a aposta nos manuais escolares e na oferta tecnológica são dois desses vectores, e por soluções no campo da educação formal e não formal. A nossa visão é a de que apostar na educação é fazer um investimento a médio e longo prazo na igualdade de oportunidades, na coesão social, no desenvolvimento económico, social e ético do nosso território, tendo sempre em vista a construção de um mundo mais justo e feliz”, explica a vereadora.

Desde 29 de Junho, foram submetidas 1490 candidaturas, das quais 1228 correspondem ao 1º ciclo, 79 ao 2º ciclo e 183 para o 3º ciclo. No ano lectivo transacto, o apoio de atribuição de manuais escolares no ensino básico ascendeu a um investimento municipal de 343 mil euros abrangendo 5692 alunos.

As candidaturas decorrem até 24 de Julho, para alunos do 5º ao 9º ano, e até 9 de Outubro, para o 1º Ciclo e devem ser submetidas na plataforma funchalapoia.cm-funchal.pt.