Guilherme Silva 58 anos decorridos volta a ser orador na inauguração de monumentos

Foto R. Marote
Com Rui Marote
O Funchal Noticias descobriu que o presidente das Comissão para as Comemorações dos 600 anos
da Descoberta da Madeira, enquanto jovem finalista do Liceu do Funchal, proferiu uma alocução na inauguração da estátua de Jaime Moniz, em frente do edifício do Liceu que hoje ostenta o nome.
Foi a 18 de Fevereiro de 1962 que decorreu essa cerimónia. Passados 58 anos, Guilherme Silva voltará a deixar a sua oratória em evidência, em mais um monumento comemorativo a ser inaugurado, desta feita a escultura de Amândio de Sousa que será inaugurada no Dia da Região, 1 de Julho, na Rotunda Harvey Foster.
A escultura comemorativa dos 600 anos do Porto Santo e da Madeira foi um contrato directo celebrado  a 11 de Dezembro de 2018 entre a Secretaria Regional do Turismo e Cultura  e o escultor Amândio de Sousa, no valor de 45.000 euros.