Rui Pinto chega a acordo com a Judiciária, vai viver na PJ com segurança permanente

O pirata informático Rui Pinto, que se encontrava detido  e aguardava julgamento acusado de 90 crimes relacionados com a divulgação de informações obtidas de forma ilícita, chegou a acordo para colaborar com a Polícia Judiciária nas investigações. Será libertado, vai viver nas instalações da PJ com segurança permanente.