14 crimes de desobediência na RAM; GR pretende distribuir duas máscaras a cada família

O secretário regional da Saúde e Protecção Civil, Pedro Ramos, deu hoje algumas informações de interesse, durante a conferência de imprensa diária do IASAÚDE. Respondendo a questões colocadas pelos jornalistas, esclareceu que até ao momento a Polícia de Segurança Pública registou 14 situações que se enquadram no crime de desobediência, na Região Autónoma da Madeira. Situações lamentáveis que põem em risco os demais e que estão sujeitas às punições pré-determinadas no âmbito deste estado de emergência. Por outro lado, referiu-se às 250 mil máscaras que o Governo Regional pretende distribuir pela população, dizendo que, em princípio, serão distribuídas duas máscaras a cada família, número que considera razoável. Questionado sobre se haverá mais máscaras a ser distribuídas a famílias numerosas, Pedro Ramos disse que as máscaras são para “o pai e a mãe”, que precisam de sair para aprovisionar a família de alimentos ou, eventualmente, trabalhar se tal se mostrar necessário, mas que não haverá máscaras para os filhos saírem a acompanharem os pais, pois isso, declarou, não faria qualquer sentido face à actual situação de isolamento social.

O governante com a pasta da saúde manteve também hoje uma reunião por videoconferência com os presidentes das diversas câmaras municipais da Região, no início de um encontro virtual que deve ter periodicidade semanal. Quase todos os edis marcaram presença, bem como o director da Protecção Civil, o capitão José Dias. Amanhã haverá uma reunião com a Câmara da Calheta, porque, por dificuldades de agenda, o presidente Carlos Teles tinha uma reunião camarária à mesma hora da que hoje congregou os presidentes de Câmara com o secretário.

Com os edis, segundo Pedro Ramos, procurou-se realizar um enquadramento da resposta da Região a esta pandemia desde Janeiro até ao presente. Pediu-se também aos autarcas que expusessem as medidas implementadas pelos respectivos municípios e, naturalmente, falou-se de outras questões fora do contexto do novo coronavírus, que foram comunicadas por Pedro Ramos ao presidente e aos colegas de Governo no Conselho de Governo Regional que decorreu esta tarde.

O secretário regional agradeceu mais uma vez a colaboração de diversas entidades e empresas com o fornecimento de muitas coisas, desde chocolates a desinfectantes, desde frutos secos a barras energéticas a brinquedos para crianças que estão em unidades hoteleiras em quarentena.