CDS considera que “claramente, a Secretaria das Pescas está a mostrar resultados”

O líder parlamentar do CDS, Lopes da Fonseca, protagonizou hoje uma conferência de imprensa no cais do Funchal, na qual abordou três pontos essenciais. O primeiro foi o de que este foi, de facto, o maior ano de sempre em termos de receita para a Região Autónoma da Madeira, o que na perspectiva dos centristas significa que o sector das pescas está em grande crescimento. “Foram mais de 22 milhões de euros, quer para os pescadores, quer para os armadores. Melhorando assim, as suas condições de vida e aumentando o rendimento”, refere o partido.

Por outro lado, e conforme disse Lopes da Fonseca, está prevista a contratação de 11 novos funcionários, assistentes operacionais que vão trabalhar nas lotas e que vão melhorar a qualidade dos serviços, em particular durante a safra do atum.

Finalmente, o dirigente centrista referiu a possibilidade de alguns pescadores poderem dedicar-se à captura do camarão da Madeira. “Estudos científicos demonstram que a Madeira tem um stock de camarão entre 10 a 15 toneladas, o que significa um bom começo para pequenos armadores garantirem um bom rendimento. Claramente, a Secretaria das Pescas está a mostrar resultados”, considerou o CDS.

Nesta conferencia de imprensa, o líder parlamentar do CDS-PP fez-se acompanhar pela deputada Ana Cristina Monteiro.