Sabores de Outono

São característicos do Outono o diospiro, a romã, o marmelo, a castanha, a abóbora…

No Outono, ao mesmo tempo que as folhas das árvores substituem o verde por cores quentes, também os alimentos da época possuem uma qualidade nutricional elevada, bem como um sabor mais intenso.

O diospiro é rico em carotenoides, com propriedades antioxidantes e fibras solúveis (mucilagens e pectinas). 100g de diospiro fornecem cerca de 80 calorias e 10mg de vitamina C, e é pobre em gordura;

A romã é rica em compostos fenólicos como as antocianinas e outras substâncias com propriedades antioxidantes. É rica em água, potássio e vitamina C;

O marmelo é baixo em calorias e rico em fibras, contendo taninos, pectinas, sais minerais, vitamina C e vitaminas do complexo B. é dos únicos frutos comestíveis que não é consumido cru, por ter uma polpa muito rija. Normalmente é consumido cozido, assado ou em doces como a marmelada ou geleia;

A castanha possui quantidades apreciáveis de fibra, é isenta de glúten e pobre em gordura. 100g de castanhas equivalem a 220 calorias, 4,5g de hidratos de carbono e 1,3 g de gordura.

A abóbora tem pigmentos amarelos que são protetores celulares e quantidades apreciáveis de potássio e outros minerais e vitaminas. Tem poucas calorias e é rica em fibras.

A Associação Portuguesa de Nutrição criou este quadro com as principais frutas e produtos de hortícolas desta estação:

Deverão sempre ser privilegiados os de produção local.