PTP discorda do modelo de organização da Assembleia Municipal Jovem do Funchal

O PTP manifestou hoje o seu protesto, pela forma como é organizada a Assembleia Municipal Jovem do Funchal. Para a deputada municipal Raquel Coelho, a Assembleia Municipal Jovem deveria ser uma iniciativa da Assembleia Municipal e não da Câmara Municipal.

“Não faz sentido ser a Câmara do Funchal a definir o modelo de uma sessão que é claramente da competência da Assembleia Municipal e dos seus eleitos. Regozijamo-nos com a participação das escolas e dos jovens estudantes neste evento, mas não concordamos que o executivo camarário usurpe a intervenção dos deputados municipais, que na verdade são os seus efectivos intervenientes”, disse Raquel Coelho.

A deputada trabalhista apelou à Câmara Municipal do Funchal, que corrija a situação nas futuras sessões da Assembleia Municipal Jovem.