Governo Regional atribui mais de nove mil euros para programa dedicado à batata doce

O Conselho do Governo, hoje reunido em plenário, decidiu autorizar a celebração de contrato-programa visando “a definição do processo de cooperação financeira entre as partes outorgantes para a prossecução da 2.ª fase de um programa técnico-científico sustentado de melhoria fitossanitária da base vegetal dos mais importantes cultivos hortícolas da Região, como é o caso da batata-doce”.

Assim, resolveu-se atribuir à Associação de Agricultores da Madeira uma comparticipação financeira que não excederá o montante de 9.100,00 € (nove mil e cem euros).

A decisão foi adiantada pelo porta-voz da reunião, Humberto Vasconcelos.